Indicadores de maturidade

A fim de apoiar os coordenadores das instâncias BVS na identificação de seu crescimento e adoção do Modelo da BVS, são definidos os seguintes indicadores de maturidade:

 

Portal da instância BVS – Portal em pleno funcionamento, com estabilidade de acesso e arquitetura da informação de acordo com o Modelo da BVS.

 

Rede de instituições cooperantes – Existência de uma secretaria executiva (instituição coordenadora), um comitê consultivo e um comitê executivo, constituídos e atuantes. A formalização desses comitês e a participação ativa da rede de instituições tanto na definição dos critérios e na seleção de conteúdos quanto na própria atualização das fontes de informação do portal são essenciais no desenvolvimento e sustentabilidade de uma instância BVS.

 

A rede de instituições cooperantes poderá ser constituída por representantes de instituições de renome no tema da BVS incluindo Ministérios, organizações governamentais e não governamentais, instituições de ensino e pesquisa, entre outras. A realização de reuniões periódicas é fundamental para tomada de decisões, e suas definições e recomendações deverão ser documentadas em ata.

 

Conteúdo – A essência de uma instância BVS é representada pela qualidade de suas fontes de informação, que devem atender às necessidades de seu público-alvo. É por meio do desenvolvimento de fontes de informação que a produção científica e técnica de um país e/ou um tema ganha visibilidade. Esse é um dos indicadores mais importantes de evolução de uma instância.

 

As fontes de informação desenvolvidas no âmbito de uma instância BVS sejam elas, bases de dados bibliográficas, diretórios, catálogos, deverão utilizar metodologias para descrição, operação e disponibilização que permitam interoperabilidade e recuperação de acordo com o Modelo da BVS e ainda atender aos seguintes critérios:

 

•Manter uma atualização periódica e descentralizada;

•Ter completeza de suas coleções;

•Oferecer serviços de acesso aos documentos em texto completo.

 

Atendimento ao usuário – Disponibilização de serviços que permitam a interação com seus usuários, que podem ser desenvolvidos por meio de canais de atendimento ao usuário em tempo real, formulários de contato, entre outros. Além disso, é fundamental que na instância estejam disponíveis canais de ajuda para auxiliar na navegação e pesquisa na BVS.

 

Projeto de desenvolvimento da BVS – Existência de um projeto de desenvolvimento e/ou um plano de ação para implantação da instância constando as fontes de informação que serão operadas na BVS, as instituições responsáveis, seus objetivos, cronograma e resultados a serem alcançados. O plano de desenvolvimento da BVS deve incluir ainda uma matriz de distribuição de responsabilidades entre as instituições cooperantes da instância BVS.

 

←Voltar                                                                                                              Processo de avaliação→

Print Friendly