Redes Associadas

A interoperabilidade da BVS com redes, sistemas, produtos e serviços de informação é uma linha de ação prioritária no processo de globalização da BVS. Na AL&C, as redes complementares principais são a Biblioteca Científica Eletrônica Online (SciELO), o Campus Virtual de Saúde Pública (CVSP) e a Colaboração Cochrane Ibero-americana. No âmbito global e sob o conceito de cooperação sul-sul, destacam-se as redes e iniciativas de informação científica e técnica em saúde lideradas pela OMS, como são as redes GHL, ePORTUGUÊSe, a EVIPNet e a TropIKA.net. Essas redes são descritas a seguir:

 

Rede SciELO (Scientific Electronic Library Online)
Rede de instituições de apoio à pesquisa e à comunicação científica, envolvendo as editoras dos principais periódicos científicos publicados na América Latina e Caribe. Para mais informação: http://www.scielo.org/

 

Rede ScienTI (Rede Internacional de Fontes de Informação e de Conhecimento para a Gestão de Ciência, Tecnologia e Inovação)
Rede dos conselhos nacionais de ciência e tecnologia que conta com a participação da OPAS, OEA (Organização dos Estados Americanos), UNESCO (Organização das Nações Unidas para a Educação, a Ciência e a Cultura) e grupos de pesquisa e desenvolvimento. Opera diretórios de pesquisadores, instituições e projetos .

 

Rede ePORTUGUÊSe (Rede de Fontes de Informação e Conhecimento em Saúde para os Países de Língua Portuguesa)
É liderada pela OMS, e tem como uma das suas principais linhas de ação adotar e implantar a BVS nos oito países de língua portuguesa no mundo: Angola, Brasil, Cabo Verde, Guiné-Bissau, Moçambique, Portugal, São Tomé e Príncipe e Timor Leste. A Rede ePORTUGUÊSe conta com o apoio formal da Comunidade dos Países de Língua Portuguesa (CPLP) e deverá consolidar-se nos próximos dois anos com a operação do seu portal global e das coleções e portais nacionais nos oito países.

 

GHL (Global Health Library)
A Biblioteca Global de Saúde, iniciativa liderada pela OMS, conta com o apoio da BIREME em seu desenvolvimento. A GHL tem como objetivo organizar, indexar, inter-relacionar e disponibilizar fontes de informação internacionais, nacionais e locais, incluindo as fontes disponíveis nas bibliotecas dos Escritórios Regionais da OMS. A GHL estará baseada nas iniciativas regionais. Assim, na AL&C a BVS será a instância regional da GHL.

 

TropIKA.net (Tropical Diseases Research to Foster Innovation and Knowledge Application)
Iniciativa liderada pelo Programa Tropical Diseases Research (TDR) da OMS, com o objetivo de operar um portal orientado à atualização de pesquisadores e autoridades nos avanços científicos, nos programas de controle e nas políticas públicas relacionadas às doenças infecciosas da pobreza. O portal apresenta conteúdos na forma de notícias, revisões e comentários a artigos científicos, blogs etc e a sistematização e indexação de fontes secundárias com destaque para literatura científica e técnica em doenças parasitárias e infecciosas. Para mais informação: http://www.tropika.net/

 

EVIPNet (Evidence-informed Policy Networks)
É um programa liderado pela OMS para promover o uso dos resultados da pesquisa científica em saúde nas políticas, processos de decisão e práticaque interopera conteúdos no Portal de Evidências da BVS. Para mais informação:

 

A construção coletiva da BVS é portanto uma operação ampla, intensiva, diuturna e dinâmica que avança contínua e decisivamente com base no trabalho cooperativo na produção e uso de fontes e fluxos de informação científica e técnica em saúde.

Print Friendly